06/07/2017

Como aluguei imóvel em Londres





No último post comentei sobre a minha vinda para Londres, e desde o momento que soube começou a minha procura por um lugar para ficar. Inicialmente contei com ajuda de amigos que moravam na cidade, blogs e sites com dicas sobre os bairros, etc. E durante a pesquisa bateu aquele desespero porque constatei o que já tinha uma noção, Londres não é uma cidade barata e aluguel perto do trabalho para não depender muito de transporte que também é caro, seria impossível.




Zonas da Cidade 
A primeira informação para começar a descobrir a cidade foi olhar o Mapa dos Transportes de Londres porque teria que conviver com ele diariamente, seja por ônibus, Trem, metro, etc. Uma dica importante até para quem viaja a passeio é que a cidade é dividida por zonas de 1 a 6 e você paga pelos transportes conforme a zona que você anda. E agora que a coisa dificulta um pouco porque a zona 1 é onde a maioria dos pontos turísticos ficam e o preço dos aluguéis são mais altos e com maior procura. Quanto mais distante encontrará aluguéis mais baratos, porém o preço dos transportes sobe porque utilizará mais zonas. Sem contar que Londres é uma cidade grande e se ficar em uma zona muito longe precisará de mais tempo no transporte público para chegar ao trabalho. Eu moro na zona 1 e trabalho na zona 2 e levo média de 1 hora para chegar no trabalho pegando dois ônibus. E posso garantir que ficar uma hora no transporte é cansativo demais. Veja o mapa neste link:



Não posso comentar sobre todas as zonas porque ainda não conheço direito e estou começando a descobrir, mas a Zona 1 é central e onde toda a agitação de Londres acontece. Se eu tivesse que escolher um bairro deste zona para morar seria Kensington com ruas charmosas, arquitetura típica londrina, o Hyde Park e os melhores museus. Só que eu e o mundo querem morar nesta área, e por este motivo é uma das mais caras de Londres.


Ao Sul do rio Tâmisa ficam bons bairros para morar como Southwark meu preferido, Cristal Palace entre outros. Ao Leste conheço bem porque é onde trabalho e os bairros da moda no momento são Shoreditch, Hoxton e Old Street com muitos Pubs, Galerias de Arte e Grafiti de rua nos muros. Eu comparo facilmente esta área com a Vila Madalena em São Paulo. Mais ao Leste a predominância é de muçulmanos, indianos, etc. Canary Wharf é a parte moderna da cidade e onde ficam os grandes edifícios de escritórios com bons aluguéis. Bem ao Norte não conheço bem exceto pelo fato que no início pegava um ônibus que passava por esta área que é predominantemente de muçulmanos, negros e judeus, tipo uma faixa de gaza. Mas são áreas bonitas e com preços de aluguéis bem em conta. Já escrevi um post sobre escolher hotel na cidade AQUI e conta um pouco mais sobre as áreas. Minha escolha foi na área 1 e ao lado dos bairros tranquilos e charmosos de Islington, Hilgbury e Angel que comentarei com mais detalhes em outro post.


Rua ao Norte de Londres
Rua ao Norte de Londres


Sites de Busca
Os amigos me  indicaram os sites abaixo para encontrar imóvel para alugar e as opções que se enquadravam no meu orçamento, e acredito que na grande maioria porque os preços aqui são altos,  é alugar um quarto dentro de um imóvel compartilhando cozinha e banheiro com outras pessoas que a princípio você não conhece. 


Outra dica é que o preço do anúncio é por semana (per week ou simplesmente pw) e para você saber o valor final mensal precisa multiplicar por 52 semanas do ano e depois dividir por 12 meses. Outra regra na maioria dos imóveis é cobrar um valor antecipado de depósito como garantia para algum dano que depois é restituído integralmente no final da locação. É importante para isto que este valor seja depositado pelo locador em algum programa de proteção ao crédito conforme a lei britânica recomenda para contratos de locação. Por este motivo é recomendável sempre fazer contrato através de agências e não direto com o proprietário.

Algumas outras normas de segurança da edificação precisam estar em ordem e na hora de alugar você precisa conferir com o locador a instalação de alarmes de incêndio, o certificado de segurança da instalação de gás, o certificado energético, o seguro predial, etc. E como a maioria das casas são antigas é importante verificar se o sistema elétrico , hidráulico, aquecimento e outras instalações da casa para não ter dor de cabeça depois.

Outras contas podem estar inclusas no valor do aluguel ou serem pagas como extras  como a Licença anual de Televisão cobrado mensalmente pelo governo, assim como as contas com aquecimento, água, etc. 




Um alerta importante de segurança é ficar atento com o golpe do aluguel muito comum aqui em Londres e nunca fazer transferência de dinheiro por agências de transfer money e sem ver ao vivo o proprietário, o imóvel e os documentos. Uma imobiliária é sempre a melhor opção do que tratar direto com o proprietário, mesmo que seja um pouco mais caro. Fique atento porque golpes de aluguel  são comuns  aqui em Londres e não adiante nenhum valor sem ter muita certeza. E mesmo com agências fique experto e não assine documentos sem ler e entender direito o que está escrito. Soube de golpes do tipo locador que se passa por proprietário do imóvel e coloca todas as contas em seu nome. Aqui não é como no Brasil que cortam a energia caso você não pague a conta de luz por exemplo e você pode descobrir que deve uma fortuna depois de muito tempo. Cuidado com falsos amigos que prometem alugar uma casa junto com você e depois as contas ficam  em seu nome.


 Residência da United Students

Residência da United Students


Acomodações para estudantes Bem, com tanta informação para alugar e inicialmente sem conhecer os bairros, encontrei nas minhas pesquisas as Acomodações para estudantes. São várias empresas que oferecem um quarto com banheiro privativo ou compartilhado, single ou duplo e até um studio com cozinha e banheiro privativo. Lógico que o valor muda dependendo das opções e da localização e são um pouco mais caros do que um aluguel normal, mas achei mais seguro do que ficar em uma casa com quem não conhecia, além de ter recepção como hotel funcionando 24 horas, lavanderia e outras comodidades. Para reservar solicitei na Universidade de Roma uma declaração que estava fazendo Mestrado com eles e estaria em Londres para cumprir o estágio, ou seja estudante. A maioria das pessoas que conheci aqui nesta residência estudam inglês em alguma escola pela cidade ou cursos de especialização, e ser estudante é uma exigência deste tipo de acomodação.



Residência da United Students


Nesta residência tenho opção de ir e voltar do trabalho com ônibus que é mais em conta ou metro. O transporte é um valor alto no orçamento londrino e a maioria prefere andar com sua própria bicicleta ou alugar uma nos muitos postos espalhados pela cidade. Quando conhecer melhor o sistema de aluguel de bicicleta eu conto por aqui, e se eu andar porque sou meio atrapalhadinha e precisa andar na mão dos carros, lembrando que é o contrário do Brasil, ops, do mundo. Acho melhor eu não arriscar.

Voltando para a Acomodação de estudante, escolhi a United Students e reservei ainda no Brasil por telefone e e-mail, mas pode ser pela internet também. É feito um contrato e precisei precisa pagar o depósito adiantado que será restituído no final, além de ter todas as contas incluídas, menos televisão que não faço conta de ter. Tenho um quarto com cama, armário, bancada de estudo, banheiro privativo e uma cozinha que posso usar apenas com mais oito pessoas. Todas as áreas comuns são limpas por eles e tenho que cuidar apenas do meu quarto. Nas áreas comuns tem lavanderia que pago apenas quando uso, terraços, mesas de jogos, televisão, sala de estudos, máquinas de venda de alimentos, etc. A cozinha esta equipada com eletrodomésticos, armários e você precisa levar apenas os seus pertences como prato, talheres, panelas, etc. Eu conheci uma brasileira que fez check-out uma semana antes da minha chegada e me deixou duas caixas com suas coisas. Previamente já sabia e trouxe de casa um lençol e toalha porque sabia que chegaria tarde e não teria como sair para comprar. No dia seguinte fui às compras e encontrei coisas lindas com preços bem em conta e a triste constatação de quanto somos roubados no Brasil com os impostos embutidos nos produtos.









O site da Acomodação  http://www.unitestudents.com/   para quem vem estudar à Londres ou outras cidades da Inglaterra, mas os contratos são anuais e apenas para "short period" no verão.Outros Grupos que oferecem este tipo de acomodação estão listados no www.student.com




Veja Também:


A Cidade de Londres

Dublin - Irlanda

Edinburgo - Escócia