21/03/2013

Eurotúnel Londres-Paris





Um dos pontos do nosso roteiro nesta viagem foi conhecer o Eurotúnel, um túnel ferroviário subterrâneo que atravessa o Canal da Mancha ligando a Inglaterra e a França. A Eurostar é o trem de passageiros de alta velocidade que conecta a estação Saint Pancras, em Londres com a Estação Gare du Nord, em Paris. E também  para a estação Midi Zuid , em Bruxelas. O trajeto de 50,5 Km leva duas horas e 30 minutos. Assim que chegamos da Irlanda  no aeroporto Gatwich de Londres, pegamos o trem até a Estação St Pancras, onde deixamos nossas malas antes da viagem. Em Londres os trajetos de conexão entre estações e aeroportos são bem servidos com trem ou metro.Neste site você encontra todas as informações : http://www.tfl.gov.uk. 
Além de ser uma boa oportunidade para conhecer o Eurotúnel, também pode ser uma opção para quem viaja com muitas malas porque no Brasil você pode sair com duas malas de 32Kg por pessoa, mas internamente na Europa você pode viajar apenas com uma mala de 15 a 25 Kg dependendo da cia aérea,  e em algumas low cost você paga extra para despachar a bagagem . No nosso caso, estávamos apenas com uma mala grande cada um que deixamos na estação ST Pancras antes de viajar para a Escócia e Irlanda e viajamos com  uma mala de mão . Consulte sempre as informações de bagagem nos sites das cias aéreas.


Compramos os bilhetes na Internet no site da Eurostar e levamos impressos. Para embarcar o processo é parecido com o embarque aéreo. No gate de entrada da Eurostar você encosta o código de barras no leitor para liberar a catraca e você passar pelo Raio-X. O controle de alfândega é feito pela Polícia Francesa no lado da Inglaterra e o contrário no lado da França. Depois basta aguardar em uma sala de espera a chamada no painel que direciona para a plataforma do seu trem. No seu bilhete tem o número do trem, vagão e   assento.


A vantagem de fazer este tipo de viagem é que não tem limite de peso para malas, mas também não tem muito espaço dentro do vagão. Para malas pequenas e leves você pode acomodar  na parte de cima da sua poltrona e as outras ficam na entrada do vagão, portanto se sentar muito longe da entrada você terá que deixar suas malas sozinhas e dar sorte de ter espaço para elas.



A estação St Pancras em estilo vitoriano fica ao lado da estação King Cross com centro comercial, restaurantes e metrô de Londres. Para os amantes de Harry Potter, a grande atração é a Plataforma 9 ¾ que aparece no filme como local de passagem secreta em uma parede para pegar o Hogwarts Express, o trem que conduz os alunos à escola de bruxaria. A atração para fotos gratuitas fica perto da plataforma 9.



Mas a nossa atração favorita da estação St Pancras é a escultura do artista britânico Paul Day, com 9 metros de altura e que fica abaixo do relógio no saguão principal. A “The Meeting Place” evoca o romantismo que envolve as viagens através de um casal abraçado. Como meu marido e eu nos conhecemos em um aeroporto durante uma viagem, esta escultura tem um simbolismo muito grande para nós. Este é um dos motivos que gostamos tanto de  viajar e o meu trabalho, e o do meu marido envolver muitas viagens, portanto despedidas abraçadinhas fazem parte da nossa rotina. 




O ponto negativo da viagem Londres-Paris ou vice-versa com a Eurostar é o preço. Comparados com trechos aéreos e principalmente em cias low cost a diferença é grande. Outro ponto nos aborreceu demais para optar por avião em outra oportunidade, mas talvez tenha sido  o período de férias escolares ou azar mesmo. O nosso vagão estava cheio de crianças e todas gritando, chorando e irritando bastante. E se tem uma coisa que me irrita mesmo é criança mal educada e pais que parecem não estar nem aí com a situação. Resultado, chegamos estressados e cansados em Paris, além do choque de ter saído de uma estação linda como a St Pancras e chegar em uma estação mal conservada  e pessoas bem mal encaradas na Gare du Nord. Para piorar a situação o nosso transfer não apareceu, tentamos pegar o metro e constatamos a falta de acessibilidade para quem viaja com malas. A maioria das estações não tem elevador, apenas escadas e muitas até você pegar o vagão, praticamente impossível com mala. Saímos do metro em uma estação que nem sabíamos ao certo e pegamos um taxi no “ escuro” que só falava francês......só Deus neste dia!





Nenhum comentário:

Postar um comentário